Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Qui | 19.04.18

Viver para sempre

gatodeloiça

Não gostaria de viver para sempre, não seria um desejo que gostaria de concretizar se me fosse concedido.

Não tenho nenhum desejo de cá ficar, viver intensamente ou viver que nem louca para concretizar desejos irreais ou a longo prazo. Prefiro coisas simples, prazeres simples e que ainda me são concedidos. gosto de aproveitar o dia a dia e viver um dia de cada vez. Desfrutar o que há,  mesmo passando por dias mais nublados, como os dias ou estações do ano. Aceitar que sou assim. Desde um lindo dia de sol até à chuvinha molha parvos ou um trovão!

Não tenho ideia que mudei a vida de alguém a não ser a minha e a dos meus filhos. Não deixarei "pegada", apenas para os meus filhos. Vou deixar este blog e um dia quando forem mais velhos que o leiam. Mesmo que o deixe por incompleto.

Quero um dia que a minha história de vida acabe, para quê ficar para sempre?

Quero que um dia deixe de escrever nas páginas da minha vida, mas quero que durante esse tempo concedido pelo bater do meu coração, que seja bem passado, que tenha netos, e os filhos perto de mim, ou sempre que precisarem.

Ou outras coisas que vá descobrindo pelo caminho. Adoro descobrir coisas e pessoas.

Agrada-me a ideia que quando parte alguém, nasce outra pessoa para ocupar o nosso lugar, ou seja, outra vida.