Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Vivemos novos tempos

Abril 11, 2020

gatodeloiça

Novas rotinas, novas maneiras de pensar desde que andamos em clausura, digo quarentena. Não sei se bom ou mau, há sempre quem ponha tudo em perspetiva e diga que algo bom vai sair disto.

A vida alterou- se radicalmente, agora que não podemos sair de casa como antigamente. Durante um tempo até me soube bem, não me levantar tão cedo, não correr para trás e para diante para chegar a horas a todo o lado, e depois tinha os meus filhos perto de mim e chegava- me. Jogávamos imenso, comíamos pipocas a ver um filme, contávamos piadas etc. Comecei a andar a pé e até pensei introduzir essa atividade quando estivessemos livres da quarentena.Soube bem. O tempo que não tínhamos para desfrutar antes, desfrutavamos agora. Não me podia queixar, e não me queixo. As pessoas importantes tinha perto de mim, e com saúde. Mas como sempre nem tudo  são rosas. Sentimos sempre que parece que estamos a cometer um crime sempre que pomos um pé fora de casa, depois há o olhar de desconfiança sempre que pedimos um café na bomba de gasolina. Depois também perdemo- nos no meio da rotina que temos agora. É constrangedor não podermos ver os nossos pais só porque moram noutro concelho.Já não temos pressa para chegar a algum lado. É bom e não é bom. Há um misto de sensações. O que antes era em excessivo agora é parco.

E falta- nos isso: o equilíbrio.

E já agora, como estão todos por aí?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub