Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Vento

Março 11, 2018

gatodeloiça

Sempre me fascinou a Natureza nos seus diferentes estados atmosféricos: chuva, vento,....

Principalmente a sua força, que é capaz tanto de incomodar, não fazendo caso a ninguém, como de tranquilizar ou de nos fascinar, contemplando-a.

Adoro ver o vento a empurrar as árvores de cá para lá e de la para cá, não se importanto com elas. Elas estão à sua mercê, se fossem nós, certamente estariam a refilar, com a sua força bruta e impiedosa. Mas não, deixam-se levar naquela força bruta à espera que passe, que o dia se recomponha e pelo sol e céu azul que as tranquiliza mais.

Uma das minhas cortinas do quarto, enquanto fui beber um café na esquina, resolveu participar na música que o vento lhe preparara e começou a dançar pela janela, às escondidas.

Para as almas mais sensíveis, tudo é um prato cheio, tudo serve para ver e contemplar, nas mais diferentes perspetivas.

 

Deixo-vos aqui com uma citação de Fernando Pessoa, sobre o vento:

"Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D