Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Seg | 05.03.18

Quando o corpo nos envia sinais....

gatodeloiça

 

e não dá para ignorar, passa um mês, passam dois, passam três, e entretanto passou um ano ou coisa que valha!

E não há nada a fazer, o corpo é que manda! 

E nós ignoramos, e o que é certo, é que depois o corpo reclama!

Durante muito tempo fiz exercício físico, depois por várias circunstâncias deixei de fazer, confesso que deixei de ter tempo, motivação etc, o que é certo, é que depois tenho o meu corpo à perna, não me deixando sossegada.

Por não fazer exercício físico, fico mais cansada, mais chata, mais rabugenta, sinto-me mais mal comigo própria, como mais, stresso mais e durmo menos bem.

Verdade! O exercício físico proporciona-me tudos os opostos descritos em cima; ou seja cansa-me, mas é um cansaço bom, fico mais descontraída e com a pele mais bonita, durmo melhor de noite, sinto-me mais feliz com o meu corpo, como menos e melhor, e a minha disposição melhora!

Vendi a passadeira, não me arrependo, já não lhe tocava, servindo apenas de cabide, e o dinheiro e o espaço souberam-me bem.

Gosto de caminhadas e quando tenho tempo também faço, o tempo porém agora não está propício para as mesmas, ginásios também não são para mim, para além do dinheiro que é gasto, nunca chego a usufruir mais do que dois meses, por isso o que fazer?

 

Recomeçar a fazer ginástica, ou desporto, pois claro! Qualquer coisa vale para manter o corpo satisfeito!

 

 

 

12 comentários

Comentar post