Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Seg | 12.02.18

" Nunca fiz um bolo"

gatodeloiça

É mentira, claro que já fiz.Porém, ficam sempre diferentes da imagem da revista, altos e fofos.

Sinceramente admiro as pessoas que gostam de meter as mãos na massa e gostam de cozinhar. Mas para mim, nunca foi uma atração cozinhar.

Os meus filhos gostam de alinhar e fazer bolos com a avó, gostam de partir os ovos ( vá-se lá perceber o encanto) e de bater a massa com uma colher de pau interminavelmente ( então a isto!!!).

Porém, gosto de comer, mas posso passar grandes temporadas sem comer um bolo, e eles também, se bem que menos.

Eu gosto mesmo é de ver a cozinha arrumada, entrar e ver que está tudo limpo e arrumado. Só de pensar que depois de cozinhar ou de fazer um bolo, há toda uma trabalheira a limpar, afasta-me logo a ideia de fazer um bolo, ou o que que seja num ápice.

Mas continuo a admirar as pessoas que para elas, isso são aspetos de menos importância.

Se quiser um bolo, vou ali à pastelaria, e o desejo termina quando acabo de comer, e enquanto compro e como, demoro aí uns 10 minutos, coisa menos coisa.

Apenas a fome me aproxima da cozinha. E se não fosse isso, fazia da cozinha um terraço cheio de plantas, com uma longchaise para o relax.

5 comentários

Comentar post