Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Filmes II - duplo

Setembro 05, 2018

gatodeloiça

Outro filme. Sombrio, dark mesmo.

Duplo. A sombra de si mesmo.

Por vezes a vida corre tão mal, que desejamos chegar e convergimos num ponto em que nos ausentamos. De nós.

Criamos um fantasma.

Não vivemos. Somos despojos da vida cruel à nossa volta.

A falta de coragem ali; a ausência, para piorar a timidez.

Pensamento: é melhor ausentarmo-nos da vida, e vê-la como um filme a passar, ou vivê-la, mesmo sabendo que tem muita merda pelo meio?

Embora, digo eu, a tentação seja boa, vermos a vida como um filme a passar, e não nos envolvermos muito com as coisas, depois sentimos ausência de tudo, nada vs nada. Não vivemos, temos a sensação que passou-nos ao lado, pelas mãos.

E isso também não é bom.

Ideal: viver na mesma,  as tretas vê-las como um filme a passar, pois metade das vezes conststamos que não valeram a pena, e que no fim de tudo depois passam.

Ficam entretanto as lições que aprendemos com as coisas más, senão as esquecermos entretanto. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D