Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

E ontem dei por mim

Dezembro 10, 2018

gatodeloiça

a pensar que a vida é parecida com uma composição que uma aluna minha escreveu.

Consistia no seguinte tema: descreve uma viagem que tenhas feito, a pé, de carro ou de transporte público que tenha ficado gravado na tua memória. Dentro de muitas que li, encontrei esta, que considero que foi deveras engraçada, ou irónica, por assim dizer.

Reporto sucintamente o texto: a aluna e a sua família queriam ir ver um espetáculo no Palácio Monserrate, em Sintra, que começava pelas 16h30. Para o espetáculo, deslocaram-se de carro, quando a meio do trajeto, ficaram sem gasolina, ficando apeados portanto. Em seguida, procuraram uma paragem de táxi, que no meio do trajeto, furou um pneu. Como o taxista não sabia mudar o pneu, ficaram apeados novamente. Decidiram ir a pé, quando de repente apareceram uns conhecidos e lhes dão boleia. Entretanto os conhecidos deram-lhes boleia até à paragem de autocarros mais próxima, sendo que só havia camioneta daí a 30 minutos. Esperaram. Quando  saíram do autocarro, pensando que já estariam perto, ainda tiveram que ir um bom pedaço a pé. Se chegaram? Chegaram, mas no meio disto tudo, já não me lembro se chegaram a tempo e horas para ver o dito espetáculo. ( Hei-de lhe perguntar)

Comparando com a vida, é mais ao menos isto, queremos ir sempre em frente, e por vezes damos connosco, noutras paragens, umas mais agradáveis, outras menos, que nos desviam do percurso original.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D