Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Sex | 02.02.18

A culpa também é das mulheres!

gatodeloiça

 

Há tempos vi um programa que na altura mediático e que entretanto fora suspenso. Sim, estou a falar do tal. Não vou falar das birras das crianças, nem algo parecido;  o que me levou a escrever este post, foi algo diferente que reparei e que constato nos dias de hoje: as mulheres de hoje em dia, são supermulheres em casa!!! Sempre foram , diga-se de passagem.

Saiu um estudo que os homens da sociedade portuguesa, aumentaram em 17 minutos diários, na divisão das tarefas domésticas em casa. Pergunto: 17 minutos é o quê? Pôr dois pratos na mesa? Ir despejar o lixo?

Deve ser uma dessa tarefas, enquanto que as mulheres gastavam cerca de 70 a 80% com a maior parte do trabalho doméstico.

Verifiquei, aquando se propôs a alteração de rotinas, e o marido participar de forma mais igualitária nesse processo, foi-lhe inquirido o motivo de ser assim. Segundo ela, porque achava que o trabalho não iria ser tão bem desempenhado pelo homem. A senhora tem razão, mas a pergunta que se põe é: se nunca  fizer, o homem nunca vai aprender; certo?

Supervisionar, disse a ama. É por aí.

E tinha razão.

 

2 comentários

Comentar post