Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

E quando aproveitamos um destaque de culinária

Setembro 23, 2018

gatodeloiça

do sapo blogs, mas tentamos fazer a receita à nossa maneira?

Estamos cheios de fome, não descongelámos nada, tem temos sobras do jantar, não há ovos, nem coisa que o valha?

Pizza, esquece, quando a terminasse de fazer, já tinha petiscado tudo e mais alguma coisa à minha volta. Mais valia comprá-la feita!

Presunto, não temos, nem é coisa que compre.

Mas temos FIGOS!

Receita rápida:

temos pão, queijo, e temos FIGOS!

É juntar e ver o que dá!

Resultou! 

É repetir em situações de urgência!

O frasco das recordações

Setembro 22, 2018

gatodeloiça

Tenho antes um bau.

Mas o que é de lamentar, é que raramente lá vou visitá-lo. Contém apenas com bilhetes de locais que visitei.

Uma vez vi uma publicação de uma colega,  no face,que penso que juntava também outras memórias, pedaços de papel que escrevia com coisas boas que lhe tinham acontecido naquele ano, momentos até, e depois, de tempos a tempos, revisitava-o.

É interessante esta ideia, porque rapidamente nos esquecemos de coisas boas que nos aconteceram, e embora não vivamos no passado, as coisas boas perpetuam-se pela vida fora, sempre que as relembramos.

Dão força, alegria.

Ficamos a pensar," já fiz muita coisa, já nem me lembrava disto!!".

O caráter temporário da vida

Setembro 21, 2018

gatodeloiça

O que mais me fascina na vida, não é o para sempre. 

Era, já não é.

O mais interessante da vida, é que as coisas podem mudar a qualquer momento, a qualquer altura, mesmo que estejam " paradas" por algum tempo.

Vejamos, interiormente mudei e ao mesmo tempo há coisas que se mantêm.

Mas a revolução começa sempre em nós.

O que mudou essencialmente, foi que a partir das experiencias passadas, a minha percepção sobre as mesmas coisas se alterou.

Aproveitemos tudo na vida que nos acontece para evoluirmos, para aprimorarmos o nosso ser.

Acredito que a vida nos coloca continuamente à prova, se formos fracos, dá-nos continuamente situações para nos tornarmos mais fortes, e por aí adiante.

Por isso acredito naquela máxima: " Nada se perde, tudo se transforma. "

Penso que vida oferece-nos de tudo: bom, mau e o mais ou menos. As experiências que nos oferece são importantíssimas para o nosso crescimento pessoal e interpessoal. Nunca as devemos desvalorizar, independentemente do que nos acontece.

O mau é para aprender, para evoluir, o bom para desfrutar, e o mais ou menos é para quando nos sobra tempo entre o bom e o mau, para refletir e avançar de novo.

Não tenho nenhum jardim

Setembro 19, 2018

gatodeloiça

Não tenho, verdade seja dita. Nem varanda sequer.

É uma tristeza. 

Acho que gostaria de ter um, não sei se alguma vez terei. Talvez, quem sabe?

Pela trabalheira que dá a cuidar, não sei  não. A minha mãe tem um. Adora aquilo, passa lá os dias a regar, podar, transplantar, etc.

É a menina dos seus olhos.

Mas gosto de plantas, de estar rodeada de verde. Adoro verde. Faz-me sentir feliz.

Por isso, como Maomé não vai à montanha, vou eu.

A minha casa tem a recriação de um jardim interior, em cada pequeno espaço há sempre um vasinho ou maior, um vasão.

Melhor que nada. E VALE TUDO!

Ou então vou até ali a Sintra, "roubar" as vistas dos jardins e contemplar a verdadeira Natureza.

E aquelas coisas.....

Setembro 18, 2018

gatodeloiça

como o gato entrar porta adentro do nosso quarto, depois de nos prepararmos para dormir, e de encostarmos a porta, que é como eu gosto, e deixar a porta escancarada???? Fazendo-me levantar para a encostar?

 

Não há paciência!

Senão gostasse tanto do gato, já o tinha rifado!

E enquanto estamos à espera que nos digam qualquer coisinha

Setembro 17, 2018

gatodeloiça

A coisa mais irritante que me pode acontecer é estar à espera de algo. E se fosse para me dizerem uma coisinha, mas é uma coisa importante, ao qual vou passar cerca de um ano a desempenhá-la!

Tenho a impressão que quando passamos a barreira dos 40, as subtilezas e cortesias de estar à espera são postas de lado, não são comigo. Eram, foram. Ou é ou não é. Ou sim ou sopas. 

Agora não, dá-me logo um ataque de nervos.

Encurto logo tempo e espaço e faço acontecer. 

O problema é quando nem do outro lado da linha nos atendem, dizem , diz antes a máquina" de momento não podemos satisfazer o seu pedido, telefone mais tarde". Entretanto, vamos pelas vias alternativas, e vamos ao mail vezes sem conta, e dá no mesmo????

Aí é que nos apetece fazer qualquer coisa, como por exemplo, MATAR alguém.

Não literalmente, claro!

Mais partir alguma coisa, para ajudar à festa.

A minha mãe que já me conhece bem, antigamente tinha uma palavra, que ajudava muito à festa, a palavra caaaaalmaaa!

Aí é que me passava!

Não sei porquê, vá-se lá perceber os meandros de uma pessoa, mas a dita palavra, provocava-me o efeito oposto!

E é isto.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub