Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Gato de loiça

Meu amigo, se chegaste até aqui, os meus parabéns, mas devo já confessar-te que daqui não sairão textos eloquentes, histórias de encantar e palavras bonitas. Se quiseres fica e lê, sê bem vindo.

Dizem que a alma da casa é na cozinha!

Setembro 29, 2018

gatodeloiça

Dizem que é o sítio onde acabamos por passar mais tempo, onde se reune a família.

No meu caso, da minha família não.

Passamos mais tempo na sala, por um motivo muito simples.

É onde há mais luz praticamente todo o dia.

Para além da maior luminosidade solar, é onde há mais espaço e onde é desenvolvemos praticamente todas as atividades preferidas.

E a cozinha?

Na cozinha não.

 

E o vosso ? Onde está a alma da vossa casa?

Quando afinal

Setembro 28, 2018

gatodeloiça

Já alguma vez sentiram aquela preocupaçãozinha que vai congeminando devagarinho na vossa mente e depois começa a tomar proporções gigantescas?????

E não vos deixa estar SOSSEGADOS?

Pois é, aconteceu-me ontem.

A minha mãe telefona-me com relativa assiduidade e quando não é ela a telefonar, sou eu.

Ontem, liguei à hora do almoço, nada, às 5 da tarde, nada, às 5h30, nada, às 6h, nada, às 6h02, nada, às 6h05, nada, às 6h07, NADA!

Depois pensei, " bem deve estar a fazer isto, ou aquilo!" e fui à minha vida.

Às 7h, passou-se mais ou menos a mesma coisa com na hora das 6h; 7h05, 7h06, 7h08, entretanto começei a ficar em relativo pânico, como sei que o meu pai tem um problema que tem que ser assistido no hospital 3 vezes por semana, pensei " deu-lhe um treco!"

Telefonei para o hospital. Nada. Alívio.

Mas depois, se não estão no hospital e não atendem...ONDE É QUE ESTÃO????

Aí, com os nervos em franja, tomei a decisão " VAMOS PARA LÁ!"

Quando lá chegámos, 15 min. depois, estava tudo bem! 

Afinal, era só o fio do telefone que não estava bem ligado.

Mas o mais importante, é que ninguém morreu! Que alívio!

 

 

 

Um tarde passada com os burros

Setembro 27, 2018

gatodeloiça

Isto de ir pintar para o campo tem muito que se diga!

Depois de encontrar o sítio certo para pintar, há que encontrar o sítio certo para nos sentarmo-nos!

Começam os problemas!

Problema nº 1:

Onde é que me vou sentar para pintar tal parte?

Não há sítio! depois de investigar um bocadinho, encontrei um tronco cortado, todo carunchoso, não dava, era todo torto, quase que caia. Continuei a saga, lá encontrei uma rocha, cheia de silvas, depois de andar um bocadinho à luta com as silvas, mudei de sítio.

Outra rocha, desta vez maior, silvas na mesma, dava para pôr o material, problema da rocha, no meio tinha lá a toca de um aranhão. Mudei logo de ideias, principalmente porque me tinha que sentar em cima da toca.

Solução: sentar-me no chão!

Resolvido.

O resto do tempo foi passado de forma mais agradável, encontrei uma senhora a passear o cão, o cão engraçou comigo, não queria andar mesmo que a dona puxasse a trela. Às tantas, perguntei-lhe se ele queria uma festa, acedeu e o cão sentou-se ao meu lado para lhe dar festas. Um amor de cão! Por acaso também engracei com o cão, é da raça que gosto. Mas agora não me perguntem qual é a raça que não me lembro.

Ainda no meio da pintura, tive outros visitantes, bicharocos minúsculos com asas em cima do papel, que depois de uma sopradela, lá iam à sua vida

É sempre agradável pintar ao ar livre, especialmente em parques, mas tenho sempre o mesmo problema, como nunca sei se já mudaram a hora de fecho, tenho sempre medo de um dia ficar lá fechada!

Adiante, e agora vocês perguntam, " o que é que isto tem a ver com os burros????"

Simples: lá ao lado, onde estava a pintar, havia uma cerca com uma dúzia de burros!

Mas o bom disto tudo, é que quando entramos pelo bosque parece que estamos dentro de uma pintura realista!

 

E o que é ele diria?

Setembro 26, 2018

gatodeloiça

 

Às vezes invento falas à minha gata, para dialogar connosco, com os meus filhos e eu.

Até temos alcunhas inventadas! A minha filha, é a "burra do tablet", eu sou a gorda ( isto inventado pelos meus filhos), pela minha gata, eu sou a mais velha, e o puto , é o mais pequeno.

Por exemplo, o gato está na bancada da cozinha a olhar para nós a tomar o pequeno almoço.

Começo eu a fazer de gato: " a burra do tablet está-se a alambazar com os chocapics e para mim nada! Se fosse por ela já teria morrido à fome! Depois vem atrás de mim para me dar festas, diz ela, mas é para me apertar o pescoço! O pequeno é ainda pior, quando o vejo piro-me logo! A mais velha, essa sim, cuida de mim, e dá-me comida a tempo e horas! Se fosse por aqueles dois já teria morrido à fome!" A burra do tablet não quer estudar, a mais velha é que põe ordem nisto!" " Se não fosse a mais velha, eu queria ver como é que isto era!"

É um fartote!

Depois há ainda uma segunda versão, a dos meus filhos, que é bem pior!!!!

Já pensaram no que é que o vosso animal de estimação diria de vocês?

Eles que nos conhecem tão bem e que convivem connosco, já devem ter mesmo alcunhas para nós!

Inventem, digam coisas.

Há coisas engraçadas

Setembro 25, 2018

gatodeloiça

Uma das coisas que mais me irrita é esperar. E esperar muito tempo, começa-me logo a dar nervos.

Esperar na fila da bomba de gasolina para pagar, esperar na fila do multibanco,  ou mesmo do banco....etc

Adiante, por causa dos malditos ou benditos vouchers para adquirir os livros escolares, lá estava eu mais uma vez, na fila à espera.

Eu e mais não sei quantos!

Uma das vezes que lá fui, a fila era tão grande, que fiquei do lado de fora da papelaria!

Adiante, depois de já estar a bufar internamente há algum tempo, e a observar que a fila não movia nem um milímetro, eis que chegou a minha vez.

A empregada em vez de me escutar, fazia conversa com a cliente do lado, e depois fazia-me perguntas, ao qual eu disse-lhe " Já lhe respondi" ( já estava mal disposta, portanto!)

O que estava internamente, passou para vias externas! 

Entretanto, conversa para cá, conversa para lá, não é que a mulher, MUITO SIMPÁTICA, mudou-me o humor??????

Saimos de lá QUASE amigas!

Estou a falar a sério, não estou a ironizar!

A mulher tem jeito! É das que sabe atender ao público!

A casa está viva!

Setembro 25, 2018

gatodeloiça

Ao contrário do que se possa pensar, para mim, a casa é um organismo vivo!

E porquê ?

Porque vivem lá pessoas! 

Simples quanto isso! 

Desde pequena, que mudo a disposição dos móveis, hábito que alarguei até à vida de adulta!

Claro que não faço isso todos os dias! ( pobres costas!)

Mas de tempos a tempos faço questão de mudar as coisas! E porquê?

Porque cansa ver sempre as mesmas coisas nos mesmos sítios, porque a minha mente de tempos a tempos começa a engendrar sítios onde as coisas poderiam estar, e porque gosto, quando mudo as coisas, de obrigar o meu cérebro a virar para a direita em vez da esquerda, acontece sempre que mudo a cama de lugar!

Às vezes pinto um móvel ou até paredes! Às vezes tombo o móvel e dou-lhe outra dinâmica! Ou coloco um em cima do outro! A casa está sempre em mutação. E resulta!

E é giro!

Nem sempre faço mudanças radicais, às vezes mudo apenas pequenas coisas, como as cortinas, do quarto dos miúdos, da sala ou do meu, junto uma ou outra planta, ( cada vez tenho menos objetos, mais plantas!) ou apenas junto uma capa diferente de cama.

Uma casa não é estanque, confinada a 4 paredes, é lá que fazemos tudo, que vivemos, que nos relacionamos, que convivemos.

Por isso, acredito que enquanto uma casa for habitada, ela está viva, podendo ser reflexo de quem lá vive.

 

Não engraça nada com a escola

Setembro 24, 2018

gatodeloiça

O meu puto não engraça nada com a escola.

Não vale a pena florear, não gosta.

Bem, no fundo, no fundo gosta um bocadinho.

Há dias no caminho para a escola, disse-me." Vou arranjar um trabalho, só para não ir para a escola!"

 

Fiquei  

depois disse: " Vamos lá andando"

  ( tem 4 anos)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chegou o Outono!

Setembro 23, 2018

gatodeloiça

Chegou de mansinho e ninguém deu por nada. Nem eu!

As cores e tempo não o anunciaram formalmente, anunciam ainda a permanência da estação que o precede.

Este ano foi atípico.

Do Inverno passámos ao verão. Da primavera nem se ouviu falar... Onde andou?

Tenho a impressão que o inverno engoliu a Primavera e o Verão o Outono.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D